Instalação e Configuração de um Servidor Linux

De Wiki Cursos IFPR
Ir para: navegação, pesquisa

Rede Acadêmica do Campus

Organização do endereçamento IP

RedeCampus.png

Rede Local Acadêmica
192.168.40.0/21
11000000.10101000.00101000.00000000
Máscara de Rede:
255.255.248.0
11111111.11111111.11111000.00000000
Distribuição dos endereços IP:
192.168.(00101000.00000000) = 192.168.40.0   -> IP Rede
192.168.(00101000.00000001) = 192.168.40.1   -+
192.168.(00101000.00000010) = 192.168.40.2    | Endereços IP usáveis:
...                                           | 211 - 2 = 2046
192.168.(00101111.11111110) = 192.168.47.254 -+
192.168.(00101111.11111111) = 192.168.47.255 -> Broadcast dentro da rede
Verificação do endereçamento IP
ifconfig
Roteador padrão
192.168.40.1
Verificação do roteador padrão
route -r

Passos para instalação do Ubuntu Server no Virtual Box

Esta seção mostra os passos para instalar um Servidor Linux em uma máquina virtual do VirtualBox.

Passos para criação da Máquina Virtual no VirtualBox

  1. Abrir o VirtualBox;
  2. Escolher o nome, o tipo e a versão do sistema operacional;
  3. Escolher o tamanho da memória (RAM) para o sistema: Utilizar padrão de 1024 MB;
  4. Criar disco rígido virtual: Utilizar padrão de 10 GB;
  5. Definir tipo de arquivo do disco rígido: Utilizar VDI;
  6. Definir tipo de armazenamento: Dinamicamente alocado;
  7. Conferir as configurações e criar o disco virtual.
  8. Na configuração da máquina virtual no VirtualBox, estabelacer a configuração de rede do Servidor Linux como Placa em modo Bridge, para que o servidor fica na mesma rede local dos demais computadores do laboratório;

Passos para a instalação do Ubuntu Server

Download
O download do Ubuntu Server 18.04.2 pode ser obtido diretamente do site do Ubuntu:
http://www.ubuntu.com/download/server
Salvar o arquivo ISO em um pendrive (ou CD-ROM).
O processo de instalação do Ubuntu server é similar a versão desktop, contudo, tudo é realizado via terminal de comandos.
VirtualBox
Iniciar Máquina Virtual e apontar para ISO a ser utilizada na instalação.
Passos para instalação do Ubuntu Server
https://tutorials.ubuntu.com/tutorial/tutorial-install-ubuntu-server
  1. Selecionar a linguagem de instalação: English;
  2. Selecionar a teclado: Portuguese (Brazil);
  3. Escolher tipo da instalação: Install Ubuntu;
  4. Definir instalação de rede: Edit IPv4 -> Manual;
    • Observar configuração do endereçamento IP da equipe
  5. Definir armazenamento: Use An Entire Disk;
  6. Selecionar o dispositivo;
  7. Confirmar as partições;
  8. Confirmar as mudanças;
  9. Definir o perfil do usuário: Criar conta genérica, de nome administrador, senha 1234, deixando o seu nome de login para criar contas de usuário personalizadas posteriormente;
  10. Selecionar a instalação do OpenSSHServer;
  11. Instalar o software;
  12. Finalizar a instalação.

Depois da instalação, realizar os seguintes testes

  1. Verificar a configuração de rede do Servidor Linux com ifconfig;
    • Endereço IP
    • Máscara de rede
    • Endereço de broadcast
  2. Verificar roteador padrão da rede com route -n;
  3. Testar conectividade com ping entre o Servidor Linux a a máquina hospedeira;
  4. Conectar-se remotamente ao Servidor Linux com ssh.
    Comando:
ssh administrador@192.168.40.X
onde X é o último byte do endereço IP da máquina virtual.

Configurações para Servidor com IP fixo

Arquivo /etc/network/interfaces --> até versão Ubuntu 17.04

Editar o arquivo de configuração das interfaces de rede:

/etc/network/interfaces
Modificar a configuração da interface conforme exemplo abaixo.
# The primary network interface
auto enp0s3
iface enp0s3 inet static
address 192.168.40.xx
netmask 255.255.252.0
gateway 192.168.40.1
onde xx é o endereço IP do Servidor em questão.

Em seguida reiniciar o servidor para que atualize a configuração de rede.

Netplan --> após versão Ubuntu 17.10

O Ubuntu vem utilizando desde a versão 17.10 o utilitário de configuração de rede em linha de comandos Netplan, o qual opera por meio do emprego de arquivos YAML para descrição das interfaces de rede. Esta ferramenta substitui o tradicional arquivo /etc/network/interfaces.

Mudar para o diretório:

/etc/netplan

Fazer uma cópia backup do arquivo original

sudo cp 50-cloud-init.yaml 50-cloud-init.yaml.original

Editar o arquivo

sudo vim 50-cloud-init.yaml

Configure o arquivo como segue:

network:
   ethernets:
      enp0s3:
         dhcp4: no
         addresses: [192.168.40.x/21]
         gateway4: 192.168.40.1
         nameservers:
            addresses: [8.8.8.8]
   version: 2

Teste a sintaxe do arquivo:

sudo netplan try

Aplicar a configuração:

sudo netplan apply
Para configuração do IP estático veja
Como configurar endereço IP estático no Linux Ubuntu com netplan

Instalação de outros aplicativos

Instalação do servidor Web apache
sudo apt-get install apache2
  • Testar funcionamento do servidor a partir de um navegador na máquina hospedeira.
Instalação no navegador lynx
sudo apt-get install lynx
  • Testar navegador lynx.
Instalar aplicativos de rede
sudo apt-get install traceroute
sudo apt-get install tcpdump
sudo apt-get install wireshark
  • Verificar configuração completa de rede utilizando os aplicativos ifconfig, ping, traceroute, route.
  • Verifique e anote os seguintes parâmetros:
    • Endereço IP
    • Máscara de rede
    • Endereço de broadcast
    • Roteador padrão
    • Roteador de borda da rede do Campus

Resolvendo problemas com monitor e teclado

Teclado ABNT Brasil
Caso tenha instalado versão em inglês do teclado, o mesmo pode ser ajustado com o comando:
setxkbmap -model abnt2 -layout br
Monitor invertido
Caso o monitor (principalmente de notebooks) fique invertido, o mesmo pode ser ajustado com o comando:
xrandr -o normal

Aplicativos Gráficos

Executar aplicativos gráficos via SSH
É possível executar aplicativos gráficos via SSH fazendo alguns ajustes no servidor:
vim /etc/ssh/sshd_config 
Altere as linhas no arquivo sshd_config:
Protocol 2
PermitRootLogin without-password
X11Forwarding yes
Reinicie o outserviço:
/etc/init.d/ssh restart 
Conecte-se ao servidor via SSH usando:
ssh -X -C user@server
Chame o aplicativo normalmente.

Referências



--Evandro.cantu (discussão) 11h10min de 26 de julho de 2017 (BRT)