Administração de Usuários e Grupos

De Wiki Cursos IFPR Foz
Ir para navegação Ir para pesquisar

Administração de Usuários e Grupos

Um usuário Linux é uma entidade que possui um login, uma senha e um número de identificação. Estas informações permitem ao Linux controlar o acesso do usuário ao sistema e definir, a partir de suas permissões de acesso, o que ele pode fazer [1].

Um grupo é um conjunto de usuários, e também possui nome e um número de identificação.

Os grupos devem ser formados a partir de usuários afins, como por exemplo em uma escola, o grupo professores, o grupo técnicos e o grupo alunos. A criação dos grupos deve refletir a estrutura organizacional da instituição. Os grupos compartilham recursos e permissões, como por exemplo, acesso a determinados arquivos, impressoras, etc.

Cada usuário deve pertencer a pelo menos um grupo, que é seu grupo primário. Outros grupos podem ser associados e serão seus grupos secundários.

Criação de contas de usuários e grupos

Criar um grupo
groupadd nome_grupo
Remover um grupo
groupdel nome_grupo
Criar um usuário e incluí-lo em um grupo primário
adduser --ingroup grupo_primario nome_login

Se não utilizar o parâmetro --ingroup, o Linux cria um grupo com o mesmo nome do usuário.

adduser nome_login

Para adicionar um usuário a um grupo secundário, usa-se o comando:

adduser usuário grupo_secundário

Para alterar a senha do usuário, usa-se o comando:

passwd login
Remover um usuário
userdel login

Parâmetro adicional:

  • --remove-home apaga o diretório /home do usuário e todo seu conteúdo.

Arquivos de cadastro e definição das contas dos usuários do sistema

As contas de usuários, grupos e senhas ficam armazenadas nos arquivos:

/etc/passwd
/etc/group
/etc/shadow
Arquivo /etc/passwd
Neste arquivo estão cadastrados todos os usuários do sistema. Contas com UID (identificação de usuário) e GID (identificação de grupo) menor que 500 são contas do sistema. O primeiro usuário e grupo cadastrado tem o número 1000. Este arquivo deve ter permissão de leitura por todos os usuários.

Exemplo de linha do arquivo /etc/passwd, com cada campo separado por ":"

login:x:1000:1000:Nome Completo,,,:/home/login:/bin/bash

Descrição dos campos:

  • login: Login do usuário;
  • x:Este campo continha a senha do usuário. Nos sistemas modernos as senhas são criptografadas e ficam armazenadas no arquivo /etc/shadow;
  • 1000: UID
  • 1000: GID
  • Nome completo e outras informações separadas por vírgula;
  • /home/login: Diretório home do usuário;
  • /bin/bash: Shell do usuário.
Arquivo /etc/group
Contem a relação dos grupos do sistema. Cada linha do arquivo contem o nome do grupo, a senha, o GID (identificação de grupo) e a lista de usuários do grupo.
Arquivo /etc/shadow
Contém as senhas criptografadas dos usuários . Este arquivo é de uso exclusivo do administrador, somente ele consegue visualizar, editar ou copiar este arquivo.
Arquivo /etc/login.defs
Contem diretivas e padrões utilizados na criação das contas de usuários, incluindo número de caracteres para senhas, número de dias para que as senhas expirem, UID e GIU mínimo e máximo, criação ou não de diretório /home, etc.
Arquivo /etc/default/useradd
Também contem diretivas para criação das contas de usuários, incluindo a definição do grupo primário, o local do diretório /home, o shell padrão do usuário, etc.

Pesquisa nas bases de dados passwd e group

O comando getent auxilia a pesquisar em arquivos de texto, chamados bases de dados do sistema, entre eles o passwd e o group [2].

Exemplos de uso:
getent passwd
root:x:0:0:root:/root:/bin/bash
daemon:x:1:1:daemon:/usr/sbin:/bin/sh
bin:x:2:2:bin:/bin:/bin/sh
sys:x:3:3:sys:/dev:/bin/sh
sync:x:4:65534:sync:/bin:/bin/sync
games:x:5:60:games:/usr/games:/bin/sh
man:x:6:12:man:/var/cache/man:/bin/sh
lp:x:7:7:lp:/var/spool/lpd:/bin/sh
mail:x:8:8:mail:/var/mail:/bin/sh
getent passwd man
man:x:6:12:man:/var/cache/man:/bin/sh

Referências

  1. VALLE, O. T. Adminstração de Redes com Linux: Fundamentos e práticas, IFSC, Florianópolis, 2010.
  2. https://en.wikipedia.org/wiki/Getent

--Evandro.cantu (discussão) 18h21min de 5 de julho de 2015 (BRT)